Quais conflitos éticos existem entre medicina preditiva e saúde?

Quais conflitos éticos existem entre medicina preditiva e saúde? - Quais conflitos eticos existem entre medicina preditiva e saude 1 - saude, organizacao, medicina-preditiva, digital-business, consumo, banner, aplicacoes -

A medicina preditiva possui vários aspectos de melhoria para identificação de problemas de saúde nas pessoas, mas desperta alguns conflitos éticos, segundo a visão de certas correntes da sociedade.

Nesta matéria, vamos abordar os principais conflitos existentes e os motivos para que isso ocorra.

Conceito e abrangência

Medicina preditiva é um conjunto de técnicas que permite identificar e evitar riscos de doenças futuras. Baseada em avaliação de grupos familiares, genética e ambiente em que o indivíduo está inserido.

Isso permite iniciar tratamentos, correções de causas através de métodos científicos ou a orientação quanto a necessidade de mudança de hábitos pessoais.

Dessa maneira é uma nova filosofia de abordagem, diferente da medicina aplicada nos dias atuais que se baseia em 2 tipos:

· a medicina preventiva que usa exames laboratoriais ou de avaliação para identificar alterações nos indicadores de saúde;

· ou a medicina curativa, que atua sobre a doença já instalada.

O grande diferencial para a medicina preditiva é que ela atua se antecipando ao surgimento da doença, com a identificação de indicativos da possibilidade com bastante segurança sobre a ocorrência durante a vida da pessoa.

O que gera a crítica mais contundente sobre o tema

Os princípios existentes na sociedade sempre são difíceis de serem mudados, principalmente pelos fatores de crenças religiosas e a insegurança de como novas descobertas que envolvam as relações humanas possam ser utilizadas somente como benefício da sociedade ou abrir caminhos para outras aplicações.

Entretanto existe toda uma comunidade de pesquisa científica desenvolvendo novas oportunidades de bem-estar, uma parcela desse grupo, visando outras aplicações e uma parcela da sociedade tentando atender seus princípios e crenças, ainda cética quanto ao uso correto de novas descobertas que revolucionem a vida de forma intensa.

Basicamente, a crítica ocorre pela insegurança nos objetivos que podem ser disponibilizados e quais interesses estarão por trás dessas descobertas. 

Conflitos éticos de medicina preditiva e saúde

Pesquisas com o genoma humano, que seria o processo-base da medicina preditiva, são os grandes focos de críticas. Afinal, tem sido observado que governos vêm comemorando o avanço nessa área, considerando um sucesso total. Porém, sem uma conclusão sobre o mapeamento completo das implicações desse campo de avaliação científica. A grande questão que cerca o tema é, eu, profissional de saúde, sabendo que há a probabilidade de um paciente desenvolver uma doença sem cura, informar ele sobre isto? A doença não se manifestou, mas existe uma probabilidade. Qual a ação a ser tomada?

Resta uma outra dúvida grande aos críticos, a de que gigantes da indústria farmacêutica ao utilizarem estudos biotecnológicos inconclusivos, mas que trarão lucros extraordinários a essas empresas, acabe financiando recursos de medicina preditiva sem a conclusão de seus estudos.

Chances de aumento de casos de aborto são efetivas, de acordo com os críticos, pois ao saber no mapeamento e estudo genético pré-natal algum marcador biológico que indique doenças, pode levar a um número grande de pessoas que desistirão daquela vida que já foi gerada. Imaginem o impacto de ações como essa em uma sociedade criada sobre o alicerce de certos dogmas religiosos?

Outro ponto de críticas intensas é quanto à possibilidade de clonagem humana e utilização de material genético de embriões que estariam ferindo, assim, o direito de a natureza ser a gestora de toda a vida na Terra. Os críticos desta linha apontam a tentativa do homem de recriar a vida como se estivessem a brincar de Deus. Mas seria mesmo esse o caso? E a possibilidade de replicar órgãos feitos para evitar a rejeição em transplantes? 

Quando o homem interfere em um processo natural de vida estaria entrando em campo totalmente desconhecido no qual suas ações poderiam estar desencadeando fatores imprevisíveis ao homem. Esses poderiam até mesmo influir na sua existência. Isso são o que dizem certas linhas de pensamento sobre a evolução tecnológica na saúde e na biologia.

Considerações finais sobre medicina preditiva e saúde

Os avanços da ciência sempre foram alvo de críticas de uma parte da sociedade nas diversas épocas em que foram estudadas e sugeridas. Toda mudança do status quo gera incômodo e desconforto, mas é assim que a evolução prossegue seu caminho, gerando adaptações. 

Isso acaba sendo um processo natural e saudável para expor todas as possibilidades que devam ser analisadas e se chegar a melhor conclusão possível sobre as inovações.

No caso da medicina preditiva o maior conflito está no uso que se fará de tal descoberta e quais impactos serão sentidos na sociedade.

  • facebook
  • googleplus
  • twitter
  • linkedin
  • linkedin
Previous «
Next »

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Destaque