Tecnologia e Medicina Preditiva, quais os benefícios à saúde?

Tecnologia e Medicina Preditiva, quais os benefícios à saúde? - Tecnologia e Medicina Preditiva quais os beneficios a saude 1 - saude, organizacao, medicina-preditiva, digital-business, destaque-home, consumo, banner, aplicacoes -

A evolução tecnológica vem permitindo avanços significativos na medicina, com o emprego de máquinas cada vez mais precisas em termos de resolução de imagens e exames que permitem identificar doenças, até então, impossíveis de serem diagnosticadas.

Com isso, está havendo uma mudança radical na forma como se percebe o diagnóstico do paciente, algo que se denomina medicina preditiva.

Nesta matéria, vamos indicar os benefícios que a tecnologia está possibilitando para a adoção da medicina preditiva.

Fundamentos da medicina preditiva

A ciência já identificou que diversas doenças são provocadas basicamente pelo modo de vida das pessoas, quanto à alimentação, estresse e sedentarismo, assim como os aspectos hereditários.

E é aí que se encontra inserida a medicina preditiva, isto é, na identificação feita de forma antecipada.

A identificação de riscos possíveis à saúde será realizada não só após as doenças se manifestarem ou em exames preventivos, mas por uma avaliação geral do grupo familiar do indivíduo, de seus dados específicos e do seu comportamento em relação ao seu ambiente de vida.

Esta nova realidade permitirá adotar tratamentos mais adequados e com custos de recuperação muito menores, por evitarem a manifestação prolongada e custosa de uma doença. Em suma: trabalha-se na causa e na antecipação, não na consequência.

Sedentarismo: um mal que mata

Através do desenvolvimento de equipamentos de monitoramento pessoal, é possível identificar se o paciente está se exercitando de forma adequada e correndo menos riscos de complicações coronarianas e de mau funcionamento do organismo por outras doenças, como a diabete. As tecnologias vestíveis, os wearables, estão no mercado com uma presença cada vez mais constantes na nossa vida, fazendo parte de um cotidiano tão comum que nem notamos sua presença. O melhor exemplo disso são os contadores de passo e de medição da qualidade do sono que existem, praticamente, em todos os smartphones do mercado.

Esses equipamentos funcionam como rastreadores e processadores de dados das rotinas e armazenam estas informações para viabilizar análises e ajustes cotidianos.

Com fatos e dados disponíveis em suas atividades, as pessoas certamente farão mudanças em seus estilos de vida e poderão evitar doenças, por perceberem que, se assim não o fizerem estarão colocando em risco, de forma efetiva, suas próprias vidas. Sabe aquela coisa de viver 100 anos? Sim, poderemos viver tudo isso, com ou sem saúde. Nossas escolhas e a tecnologia podem nos auxiliar muito nesse ponto, elas definirão como será a nossa vida.

O impacto da informação e conhecimento, transformará a forma de todo indivíduo se relacionar com a saúde.

Históricos individuais de saúde

As fichinhas em papel ou nos computadores pessoais, de controle e acompanhamento do paciente, estão sendo substituídas por dados alimentados na nuvem, através de hospitais, planos de saúde e clínicas.

Isso permite a consulta centralizada de dados e maior controle para identificar formas de tratamentos personalizados e muito mais eficazes, por conter todo o histórico do indivíduo, evitando a falta de informações e riscos em tratamentos. Essa realidade pode ser vista em outros países, com toda a segurança aplicada a elas. Na nossa realidade ainda existem barreiras culturais e legais que impedem determinados avanços.

O Registro Eletrônico de Saúde (RES), já existe e é um excelente instrumento de controle do histórico do paciente, e possibilita a criação de um prontuário eletrônico atualizado sempre que ocorrer um atendimento.

Dispositivos de monitoramento online

Ao se identificar a tendência em ocorrer doenças, a utilização de aparelhos de monitoramento individual e online serão a ferramenta adequada à prevenção de possíveis riscos.

Chips de monitoramento podem ser implantados e funcionar transmitindo dados para os médicos assistentes ou clínicas para identificação de possíveis irregularidades e atuação imediata para evitar complicações.

Estes recursos permitirão um acompanhamento efetivo das previsões realizadas há anos e podem representar uma grande diferença para os dias atuais em que a medicina só pode atuar se for acionada pelo paciente.

Com esse avanço tecnológico, o indivíduo será praticamente convocado para realizar testes e cuidar devidamente de sua saúde.

Considerações finais sobre saúde, tecnologia e medicina preditiva

Antecipar a identificação e possibilidade de ocorrência de doenças é um avanço imenso na prática da medicina, passando para adoção de medidas antecipadas e correção de estilos de vida das pessoas, evitando ou minimizando as consequências de doenças para o organismo.

A medicina preditiva chega para contribuir com o ser humano para ter uma vida mais plena e sem as preocupações e restrições que uma doença pode vir a trazer, contribuindo ainda, de forma efetiva, para a redução de custos econômicos e sociais para a população e governos em geral.

  • facebook
  • googleplus
  • twitter
  • linkedin
  • linkedin
Previous «
Next »

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Destaque